Lula mentiu pra você sobre o fim da pobreza extrema

O Condenado Lula estará hoje na Uerj e certamente repetira suas declarações absurdas ditas em outros eventos. Lula diz desde que começou a ser interrogado pela Policia Federal que é vítima de uma perseguição coletiva destinada a acabar com o PT. Está fazendo diversos pronunciamentos por aí em seus eventos dizendo que ele e o PT estão sendo “condenados por tirarem 36 de milhões de Brasileiros da pobreza”.

Existe um problema com essa afirmação, ela é FALSA

Eu ando pelas ruas do Centro do RJ todos os dias e todo dia vejo dezenas de miseráveis, moradores de rua, pedintes. A cada 10 passos alguém me para pedindo esmola ou comida. Quem frequenta fastfood sabe, quase todo dia ocorre de eu parar para comer e chegar alguma criança pedindo para comprar comida para ela ou um adulto em situação degradante.

Essas pessoas, acreditem se quiser, não são miseráveis segundo o Lula e so PT que magicamente desapareceram com os pobres do Brasil.

Aqui mostrarei os 2 principais pontos que sustentam a propaganda do PT. Os 36 milhões de pobres miseráveis que magicamente deixaram de existir, no papel, e a Nova Classe Média.

A Mentira: Lula tirou 36 milhões da Pobreza

O governo do Lula, foi, desde o dia que chegou ao poder até o dia que deixou, comprometido em erradicar a pobreza do brasil. Até aí tudo bem, o problema é que a solução encontrada foi erradicar a pobreza por meio de DECRETO.

A era petista foi marcada por uma enorme fantasia de números. Para chegar ao número de 36 milhões o governo inventou números em uma classe de extremos miseráveis, as famílias com renda per capita menor do que R$70 mensais, R$2,33 por dia.

Qualquer levantamento sério feito no centro da cidade, vai constatar que até aquele miserável crackudo, sem casa, quase sem sem roupa, tem renda superior a R$2,33 ao dia, sabe por que? a pedra de crack custa R$10.

Um mendigo pedindo esmola ganha mais que R2,33 ao dia, um catador de lixo, de papelão, as crianças que vendem bala no sinal, aqueles caras que ficam gritando no ponto de ônibus: “VAI PAGAR NO DINHEIRO HOJE SENHOR? ”. Todos eles possuem renda maior que R$2,33 ao dia.

A pessoa pode morar na beira do valão, sem água, sem educação, sem saúde, sem saneamento, mas não será um miserável só porque recebe uma bolsa de mais de R$70 reais mensais do governo.

A Mentira: A nova classe Média

De acordo com uma comissão de “especialistas” formada pela Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) em 2012, indivíduos que que vivem em família com renda per capta (soma da renda da casa dividida pelos integrantes) que recebem entre R$291 e R$ 1.019 são considerados CLASSE MÉDIA.

Leia aqui: Governo diz que nova classe média tem renda entre R$291 e R$1.019 per capita 

Entenderam a mágica dos números? Em uma canetada o governo tirou milhões da pobreza e inseriu na classe média.

Um casal que vive com um salário mínimo já é classe média. Se ambos trabalharem e ambos ganhassem um salário mínimo, acreditem se quiser, são considerados ALTA CLASSE MÉDIA.


É muita manobra. É triste ver uma multidão de alienadas idolatrando e seguindo um Líder de uma quadrilha que já foi condenado, mas assustadoramente ainda continua solto.


A Folha Carioca

Fontes de informação :

Governo – Governo diz que nova classe média tem renda entre R$ 291 e R$ 1.019 familiar per capita
G1 – Classe média tem renda entre R$291 e R$1.019 segundo governo
Veja – Classe média dos 300

Leia Também

Novo Projeto apresentado Altera a Lei do Estatuto do Desarmamento.

Marinha Argentina Escondendo Algo? Nova “última mensagem” é revelada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *